Notícias Grupo Rotkappen - 2017

Curta nossa From Page no Facebook

 

 

https://www.facebook.com/oktoberfestderolandia/

 

 

 Fonte: GFA Rotkappen

Ein Prosit! Pré-Oktoberfest é neste sábado no Country

 

Jantar dançante terá a Banda Grüne Stadt, de Maringá, apresentação de grupos alemães e comida típica

   A tradicional Pré-Oktoberfest voltou para o Rolândia Country Club: a festa acontece neste sábado (16). O jantar dançante, que começa às 20 horas, terá animação musical com a Banda Grüne Stadt (de Maringá) e apresentação dos grupos folclóricos Rotkappen e Weisser Schwan, além dos pratos típicos alemães. 

Convites
   Os convites têm o valor de R$ 85 por casal - a mesa para 8 pessoas sai por R$ 340 - e podem ser adquiridos na Oma’s Kaffee Haus (Av. Salgado Filho, 107), Café da Esquina (Av. dos Expedicionários, 270) ou no Posto do Maneco (Av. Pres. Vargas, 1495). Os ingressos são limitados. Como a Oktoberfest, a Pré é promovido pela Associação Cultural Recreativa e Esportiva da Vila Oliveira (Acrevo). 

Cardápio
   No cardápio estão Eisbein, Kässler, salsicha vermelha e branca e mostarda, como prato único. No buffet livre, será servido salada verde, maionese, arroz branco, purê e doce de maçã. As bebidas não estão inclusas no valor do ingresso. Para mais informações, estão disponíveis os contatos da Acrevo (99690-7853), Weisser Schwan (99635-0637) ou Rotkappen (99990-9200).


Fonte: Jornal de Rolândia

Oktoberfest Londrina 2017

Oktoberfest Londrina terá muitas atrações culturais,  gastronômicas e chopes artesanais

O evento começa nesta sexta-feira, no Centro de Eventos da Cidade.
 
O Circuito Oktoberfest Paraná, que leva a chancela da festa de Blumenau, a mais tradicional festa alemã do Brasil, tem início nesta sexta-feira (25), em Londrina, e vai até domingo (27), no Centro de Eventos da cidade. O Circuito percorrerá cinco cidades do Estado e contará com programação voltada para atrações culturais, gastronômicas e chopes artesanais,  para que as famílias possam se divertir e confraternizar valorizando as tradições germânicas.
 
Em Londrina a abertura do evento será sexta-feira (25), às 17h e vai até às 22h. No sábado (26) estará aberto das 11h às 22h, e no domingo (27/08) das 11h às 22h. Depois a festa irá para Ponta Grossa, entre 1 e 3 de setembro, Curitiba (7 a 10 de setembro), Maringá (15 a 17 de setembro) e será finalizada em Cascavel (22 a 24 de setembro).
 
Atrações culturais
 
As principais atrações culturais ficam por conta das apresentações dos grupos folclóricos alemães: Grupo Folclórico Rotkappen, Grupo Folclórico Rotkappen Infantil e Grupo Folclórico Weisser Schwan. O público poderá acompanhar ainda os shows com as bandas e grupos: Freunde Musikanten, Mour, Banda Sonatas, Sarara Criolo, Leon & the Knopz e Terra Celta. Intercalando a programação, terá um DJ tocando.
 
Gastronomia
 
O cardápio terá opções diversificadas com pratos típicos alemães, e de outras culturas convidadas, como hambúrguer, comida japonesa e sanduíches. Participam o Bar do Alemão, Mercearia Fantinato, Jack Burger, Costela Burger, BatataTalismã, Restaurante Matsuri e Aroma Restaurante.
 
Chope e chopes artesanais
 
O chope comercial será da marca ITAIPAVA e os artesanais terão as grifes de cervejarias de Londrina e alguns outros municípios do estado, e Santa Catarina: Spoller, Rotkappen,  Dantzig, Spoller, Rotkappen, Dantzig, Amadeus, Von Borstel, Brauerei Schultz, OAK Bier,  Das Bier e Dalla Bier, que juntos irão servir 34 rótulos.

Realeza

A realeza do Circuito Oktoberfest Paraná, representada pela rainha Jéssica Karine dos Santos, a 1ª princesa Alessandra Gama e a 2ª princesa Ana Paula Karpinski, vão recepcionar os visitantes da festa.
 
SERVIÇO:
Circuito OKTOBERFEST PARANÁ – Londrina
Data: 25, 26 e 27 de agosto de 2017.
Local: Centro de Eventos de Londrina - CCEL  (Rod. Mabio Gonçalves Palhano, 3333)
Horário:
25/08 (Sexta-feira) - Abertura às 17h e encerramento às 22h
26/08 (Sábado) -  Abertura às 11h e encerramento às 22h .
27/08 (Domingo) - Abertura às 11h e encerramento 22h.
 
Nos dias 26 e 27, das 11h às 13h as primeiras 1.000 pessoas que chegarem não pagam ingresso.
Classificação: LIVRE  (Menores de 18 anos somente acompanhados dos pais).
 
Ingressos:  oktoberfestparana.com.br ou www.diskingressos.com.br
Valores: Inteira R$ 20,00 / Meia-entrada R$ 10,00.
*Menores de 12 não pagam.
 
A meia-entrada é válida para Estudantes devidamente comprovados.  Doadores de Sangue devidamente comprovados,  Idosos conforme Lei,  Deficientes Físicos e 1 Acompanhante, - PNE e Portador de Câncer.
 
Descontos de 50% para  Traje típico, Sócio-torcedor clube de futebol, Clube da Alice,  Clube da Empreendedora e  Funcionários de Ind. e Com. do Município e região, Clientes Santander.
 
Realização: Alô Eventos
INFORMAÇÕES: Informações: 41 99761-8814/ www.oktoberfestparana.com.br  ou www.diskingressos.com.br / Facebook: OktoberFest Paraná

 Fonte: Londrina Convention.

Baile Germano-Suíço vem aí

Evento será neste sábado (26) e terá apresentações dos grupos alemães, música e Eisbein
O tradicional Baile Germano-Suíço de Rolândia será realizado nesta sábado (26), a partir das 20 horas, na sede II do Rolândia Country Club (antigo Clube Concórdia). O evento é organizado pelo Coro Roland Singt, que o faz há muitos anos, e pelos grupos folclóricos rolandenses Weisser Schwan e Rotkappen – o baile conta com o apoio da Igreja Luterana de Rolândia e do coral Heimatklänge, de Londrina. Outra atração será a gastronomia alemã com o famoso Eisbein e a dupla Sandro e Wilson, de Pomerode (SC). A ideia do baile é mostrar um pouco do que a Suíça e a Alemanha têm.

Apresentações
As atrações culturais do baile germano-suíço, na área musical, ficarão por conta das apresentações do Coro Roland Singt, com suas músicas tradicionais, do coral Heimatklänge e da dupla catarinense Sandro e Wilson, já conhecida dos rolandenses. As danças da noite ficarão sob a responsabilidade dos grupos folclóricos Weisser Schwan e Rotkappen, ambos de Rolândia.

O convite custa R$ 80,00 e dá direto ao jantar para duas pessoas. No cardápio, o famoso Eisbein com acompanhamentos, preparado pelo Angellu’s Buffet – as bebidas não estão inclusas no convite adquirido. Os convites podem ser adquiridos com integrantes dos grupos Rotkappen, Weisser Schwan e do coro Roland Singt ou, ainda, pelo telefone (43) 9.9989-4442. Mais informações também podem ser obtidas pelo mesmo telefone.

Fonte: Jornal de Rolândia

Confira quem são os participantes e o cardápio!

Rolândia promove Festival Gastrônomico com culinária internacional.

 

Neste sábado (29), tem início o 1º Festival Gastronômico de Rolândia, reunindo diversos segmentos da gastronomia local. O evento tem como objetivo fomentar o turismo e a cultura local. Com um roteiro seleto, os visitantes terão acesso a pratos salgados, doces e veganos da culinária italiana, alemã, suíça e árabe, tudo acompanhado pelo chopp artesanal local . 

Será disponibilizado gratuitamente em cada local participante um passaporte que terá o roteiro completo do festival. O visitante precisa, então, apresentar esse passaporte nos locais participantes ao degustar o prato participante para então, ganhar um carimbo, comprovando a sua passagem. 
Ao todo, são dez carimbos e os participantes que completarem todos os espaços estarão participando do sorteiode 15 prêmios: 3 diárias no Thermas do Vere, com direito a acompanhante; 5 vagas na rota Sonho Lindo, com direito a acompanhante; 2 óculos da Ótica Canaã e 5 Kits da cerveja Rotkappen Bier. 

O evento é organizado pelas renomadas empresas Pizza em Kasa, Restaurante O Garfo, Restaurante Porto Alegre, Pousada Marabu, Mady Esfiharia, Oma’s Kaffee Haus, Abeille Gourmet, Casa do Peixe Frito, Casa da Cuca, Cerveja Rotkappen e Jornal Manchete do Povo com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. 

 Fonte: Bonde News.

Heimital - Mais antiga que Londrina, escola comemora 86 anos.


Quando Londrina ainda se chamava Patrimônio Três Bocas e a futura cidade era construída lentamente pelos pioneiros que abriam picadas em meio à mata fechada, a então Colônia Heimtal, primeiro núcleo rural do município, abrigava desde 1929 uma comunidade alemã, formada por imigrantes atraídos pela divulgação do promissor projeto de colonização da Companhia de Terras Norte do Paraná. Do interior paulista, onde trabalhavam como empregados em lavouras, os alemães viram na terra roxa e fértil da região a possibilidade de conquistarem seu pedaço de chão. 
Em meio à estrutura precária dos ranchos de palmito e à vida cheia de desafios, que incluíam as doenças e a convivência com animais selvagens, os colonizadores alemães, preocupados com a alfabetização e a educação de seus filhos, perceberam a necessidade de fundar uma escola. A comunidade, então, se uniu em esquema de mutirão para construir o primeiro estabelecimento de ensino da região, com madeira do entorno, cortada e serrada pelos próprios moradores da colônia. Assim nascia a Escola Alemã, inaugurada em 26 de julho de 1931. A escola tinha apenas duas salas de aula, suficientes para acomodar os cerca de 20 alunos, comandados pelos primeiros professores, Edmund Stark e Herman Westphalen. 

No início, a escola alfabetizava as crianças em alemão e em português, ganhando o status de escola étnica. Com o tempo, imigrantes de outras nacionalidades foram chegando e a antiga colônia passou a acolher também famílias italianas e russas, além dos migrantes mineiros, paulistas e nordestinos. 

A escola fechou as portas no começo da década de 1940 em decorrência da Segunda Guerra Mundial, marcada pela perseguição aos alemães, e só veio a ser reaberta em 1945, 11 anos após a emancipação do município, como Escola Rural Municipal Padre Anchieta. Sob a nova denominação, a instituição iniciou suas atividades em outro local, mas retornou ao prédio original mais tarde e neste mês de julho comemora 86 anos. 

E o Grupo Folclórico Alemão Rotkapppen, foi convidado para realizar apresentações neste comemoração.

Fonte: Folha de Londrina

Neste final de semana tem Erntedankfest

A tradicional festa alemã da Igreja Luterana inclui baile neste sábado, culto festivo e almoço típico

Neste final de semana, a Igreja Luterana de Rolândia vai realizar sua tradicional Erntedankfest, festa alemã de ação de graças pela colheita, celebrando a fartura. Neste ano, a festa será realizada em dois dias: começa no sábado (27) com um baile no Rolândia Country Clube 2 (antigo Concórdia), a partir das 21 horas, com a dupla Sandro & Wilson, de Pomerade (SC) – velha conhecida dos rolandenses. “A festa é para todos e não apenas para a comunidade alemã”, relembra Silvia Unbehaum, secretária da Igreja Luterana.

Já no domingo (28), a festa será iniciada com um culto festivo às 10 da manhã. Em seguida, será servido o almoço da culinária típica germânica ao som da dupla de Pomerade. A refeição inclui o Einsbein, marreco recheado assado com repolho roxo, batatas e pepino. Também será servido salsichão com arroz, chucrute e batata e o famoso Frango da Luterana, recheado com os próprios miúdos e assado em fornos a lenha. Os visitantes também poderão apreciar o churrasco “brasileiro”. Também vão se apresentar na Erntedankfest 2017 os grupos alemães de Rolândia Rotkappen e Volkstanzgruppe Weisser Schwan, e o grupo Teuto-brasileiro de Maringá. Os corais Roland Singt (Rolândia), Esperança (Apucarana) e Heimatklänge (Londrina) também farão apresentações na festa. 

O ingresso para o baile de sábado (27) custa 15 reais e dá direito a um copo de chope de 400 ml no almoço de domingo (28). Eles estão à venda na Igreja Luterana, com os membros, na Eletrodill (Av. Tiradentes, 1440) e no Açougue Santa Rosa (R. Barão do Rio Branco, 53). 

História da festa
A Erntedankfest é uma tradição alemã e no Brasil, é realizada entre os meses de maio e junho e é tradicional nas comunidades evangélicas luteranas. A Igreja Luterana de Rolândia realiza a festa na cidade há mais de 80 anos, desde a fundação da igreja – em 29 de março de 1939. No dia do evento, os membros destas comunidades reúnem os mais variados produtos, inclusive sementes, que são levados à Igreja, em agradecimento a colheita do ano. Anualmente, na cerimônia religiosa, esses produtos são colocados junto ao altar, como a oferta de agradecimento. Após o culto, é realizado o leilão desses produtos. 

Em Rolândia, estes produtos são doados a entidades. A Erntedankfest representa o respeito por todos os produtos que servem para o sustento da família, agradecendo pelo alimento diário que está sobre a mesa. A Festa da Colheita é o momento para agradecer a Deus por sua bondade, por meio dos frutos do trabalho humano e da generosidade da terra. 

Fonte: Jornal de Rolândia.

Que venha a 2ª Maifest

Organização ficou muito satisfeita com a repercussão e a participação das pessoas na festa e já planeja a 2ª edição

Um sucesso de público e de crítica. Assim pode ser resumida a Maifest de Rolândia, realizada entre os dias 29 de abril e 01 de maio, no espaço Viva-Viva e nas quadras do Complexo Emílio Gomes. A organização da festa (leia-se o grupo Rotkappen) ainda não fez o balanço do evento, mas acredita que mais de 2,4 mil pessoas passaram pelo local nos três dias. “O pessoal da cervejaria estava rindo à toa com a procura dos visitantes pelo chope artesanal. O mesmo pode ser dito das pessoas que trabalharam com comida”, revelou João Varela, coordenador de eventos do grupo Rotkappen.

Muitas atrações
Workshops de cervejaria, banda Os Sonatas, feira de artesanato e produtos, apresentações culturais. Tinha de tudo na Maifest de Rolândia. Os grupos folclóricos Rotkappen e Weisser Schwan (de Rolândia), Eintracht (Chapecó-SC) e Teuto Brasileiro (Maringá) deram um show à parte. Famílias podiam ser vistas em todos os locais, provando que o objetivo da Maifest foi cumprido e dando sinal de que uma segunda edição do evento já está em gestação pelo grupo. Confira algumas fotos.

Fonte: Jornal de Rolândia

 

 

A Alemanha além do eisbein

O bretzel é salgado, ao contrário do pretzel, e pode ser servido com molhos variados e acompanhado de chopp


Dentre os vários povos com maior influência na cultura do norte do Paraná estão os alemães. Um exemplo dessa atuação é Rolândia, cidade que teve grande imigração germânica, onde não falta comida e bebida típica. E quando se fala em comida alemã, logo vem à cabeça o famoso eisbein, joelho de porco. Porém, a culinária desse povo vai muito além. São diversos pratos, incluindo doces, que fazem parte desse universo gastronômico que ainda inclui as cervejas. 

Quem quiser ter uma amostra desses quitutes, poderá conferir algumas opções na Maifest, evento que acontece entre os dias 29 de abril e 1º de maio nos pavilhões da Oktoberfest em Rolândia. Nestes três dias, haverá uma variedade de pratos doces e salgados, cervejas artesanais, além de muita música, feira de artesanato e apresentação de Grupos Folclóricos Alemães locais e workshop de cerveja artesanal.

De acordo com Karin Kronenberg, proprietária da Oma's Kaffe Haus, que vai estar na festa com seus produtos, existem 40 tipos de maçãs na Alemanha e, pela abundância, a fruta é utilizada em muitas receitas. Uma delas é o famoso apfelstrudel, uma espécie de torta de massa folhada recheada com maçã, um dos campeões de pedidos quando o quesito é sobremesa ou café da tarde. De massa bem fininha e amanteigada, é servida com uma bola de sorvete ou chantili de nata. 

Para quem gosta de doces não muito doces, portanto, é uma opção na medida, já que quase não leva açúcar em sua receita. Além da maçã, o recheio possui uvas passas e amêndoas laminadas. Depois de assada, canela e açúcar são polvilhados por cima para dar um toque. Cada pedaço tem cerca de 150 a 200 gramas. 

Fonte: Folha de Londrina

 

Suor e muita força no levantamento do Maibaum

O evento estava dentro da programação da Maifest, promovida pelo grupo folclórico alemão Rotkappen

Publicado: 03/05/17 • 18h26
Atualizado em: 09/05/17 • 09h55

O tradicional levantamento do Maibaum foi realizado na segunda-feira (01) na praça ao lado da praça Castelo Branco, em Rolândia, e exigiu o esforço, e suor, de dezenas de homens por mais de quatro horas. O evento estava dentro da programação da Maifest, promovida pelo grupo alemão Rotkappen. Infelizmente, apesar de todo o esforço, um plano B teve de ser usado e a “Árvore de Maio” terminou de ser erguida por um guincho, o que acontece em muitas cidades alemãs nos dias de hoje.

O Maibaum de Rolândia é um mastro de mais de 20 m e com mais de 1,5 toneladas, feito a partir de um eucalipto. O costume nasceu no sul da Alemanha, sempre pedindo fertilidade e boas colheitas – é a despedida do inverno no hemisfério norte. O Maibaum de Rolândia ainda será adornado com escudos que representam as tradições e riquezas de Rolândia como os brasões das famílias que povoaram e contribuem com a cidade até hoje. Essa operação deve acontecer neste sábado (06). 

Entenda
O Maibaum marca a entrada de uma época próspera na cidade de Munique, a chegada do calor com a primavera e o início da época da colheita. Aqui na Baviera, ele tem o mastro nas cores azul e branca, que simbolizam as cores da bandeira do estado, além de prosperidade. Todos os anos, no dia 1 de maio, há uma festa tradicional para a troca dos mastros, confeccionados pelos moradores do bairro, região ou dos vilarejos. 

Todo o cuidado é pouco durante a produção, pois este imenso mastro pode ser roubado (Maibaum klauen, em alemão), de uma forma amigável, no meio da noite. Para devolver o mastro, o grupo que o “roubou” pede cerveja e comida de graça.

Por tudo isso, na produção da nova Árvore de Maio, as tarefas são bem divididas: há um grupo destinado à segurança do Maibaum, vigiando dia e noite para que ninguém o roube. Resumidamente essa é a brincadeira, mas com regras (que variam de local pra local). No dia da troca, o Maibaum não pode ser mais roubado, até mesmo na noite anterior, dia 30 de abril, conhecida na Alemanha como a Freinacht (noite livre), noite na qual os locais cometem “travessuras” pela cidade, de forma extrovertida e não ofensiva.

MaiFest estreia com sucesso e deixa saudades Destaque

Só elogios por parte de quem passou pela festa que já deixa saudades e expectativa para a edição do ano que vem

Três dias de festa movimentaram a cidade de Rolândia nesta última semana. Começando no sábado (29) com a abertura apresentada em alemão pelo orador Roland Kronenberg e traduzida para o português por Katia Förster, o que chamou atenção das centenas de pessoas que acompanharam o início da 1ª MaiFest.

Em seguida foi a vez dos grupos Folclóricos de Rolândia, Rotkappen e Waiser Shuan se apresentarem. Destaque para a participação especial do grupo Eintracht Volkstanz vindo direto de Chapecó SC, permanecendo até o último dia.

Junto com os grupos, todos os presentes puderam se divertir em grande estilo ao som e animação da banda Sonatas que deu show durante o sábado e domingo.

João Varela e Ricardo Förster, dois dos organizadores do evento relatam que foram mais de dois meses de muito trabalho para preparar a festa. Cerca de 50 pessoas estiveram envolvidas em toda a execução desta 1ª MaiFest e o agradecimento deles vai para todas estas pessoas.

O Chopp Pilsen oficial da festa foi o Hawp Bier produzida em Ivaiporã e o sócio proprietário, Hélio dos Santos relata que, apesar de ter apenas dois meses a empresa fez questão de dar o máximo para atender o evento com qualidade. “Tivemos a honra de sermos convidados para participar da MaiFest e o resultado foi muito bom (...) com certeza queremos estar aqui novamente no ano que vem”, comemora.

O destaque vai para a iniciativa da organização em oferecer apenas Chopp puro malte. Assim cervejeiros artesanais puderam incrementaram a festa com as marcas; Von Borstel, Amadeus, Mocò 49, Rotkappen Bier, Geada Negra e Dr. Margoza.

“Um dos melhores eventos cervejeiros da região”, assim classificou Amadeu Bressan Jr., sócio proprietário da marca Amadeus. “Tivemos muito orgulho de participar e ano que vem estamos dentro novamente”, finaliza.

Uma das atrações foram os Workshops ministrados por alguns cervejeiros. Clayton Chiaramonte, ressalta a importância de promover a cultura cervejeira no pais aumentando assim a qualidade dos produtos que são consumidos. “Eu credito que em pouco tempo teremos cervejas campeãs saindo desta região”, prevê. Lucas Varea falou sobre os mitos e curiosidades sobre as cervejas artesanais. E Silvio Grinaldo fez uma introdução ao mundo das cervejas.

A gastronomia, uma atração à parte

Os presentes se deliciaram com lanches e doces típicos de rua na Alemanha a preços acessíveis. Sanduiche de Eisben e hambúrguer de porco (craft pig), pão com linguiça entre outros que certamente caíram no gosto de quem teve a oportunidade de experimentar.

Durante os três dias passaram pela festa 1400 pagantes, que consumiram cerca de 2,5 mil litros de Chopp e mais de 3300 porções e lanches. Entre refrigerante, suco e água foram vendidos mais de mil unidades.

Levantamento do Maibaum

Integrante da comissão organizadora, Roland Kronenberg comemora o sucesso da festa e destaca o levantamento do Maibaum feito no dia 1º de maio com a ajuda de mais de 20 pessoas.

Um mastro de aproximadamente 20 metros e 1,5 toneladas foi preparado para, no dia do trabalhador, ser levado em desfile saindo do espaço Viva Viva até a praça Marechal Castelo Branco, onde foi levantado, inicialmente somente com a forma braçal e escoras de bambu.

Depois de mais de 50% do Maibaum erguido foi preciso, por motivos de segurança chamar um guincho que colaborou na finalização dos trabalhos.

Roland explica que o levantamento do Maibaum é uma tradição nas cidades do sul da Alemanha e representa um símbolo de prosperidade. Nele é afixado painéis com brasões de famílias tradicionais e apoiadores da cultura.

Conheça a Tradição Maibaum - Árvore de Maio

No site www.caminhosdaimigracaoalema.com.br é relatado que a tradição de alçar a Maibaum vem do Século XVI. Desde o século XVIII, a Maibaum representa para as comunidades um símbolo de organização e união, principalmente porque, para haver êxito em sua colocação, isto é de suma importância.

Existe um provérbio que diz: A Maibaum é o testemunho de que a união da comunidade está visivelmente afixada.

Ainda segundo o site Após a segunda Guerra, a Maibaum se tornou parte integrante permanente de muitas comunidades e cidades, com destaques as da Baviera, Baden e o oeste da Alemanha. Desde os tempos antigos, a Maibaum é um símbolo para o comércio, artesanato, comidas locais e famílias.

Já no blog www.destinomunique.com.br, é possível saber sobre uma curiosidade. Todos os anos, no dia 1 de maio, há uma festa tradicional para a troca dos mastros, confeccionados pelos moradores do bairro, região ou dos vilarejos, no caso de cidade menores (chamadas em Dorf) e todo o cuidado é pouco durante a produção, pois este imenso mastro pode ser roubado (Maibaum klauen, em alemão) de uma forma amigável no meio da noite, e em troca o grupo que roubou ganha cerveja e comida de graça.

Pra isso, durante a produção da nova Árvore de Maio, as tarefas são bem divididas: há um grupo destinado à segurança do Maibaum, vigiando dia e noite para que ninguém o roube.

Faz parte também da tradição que o novo Maibaum seja erguido pela população, pelos homens, sem uso de guindaste, mas hoje em dia em muitos lugares é usado este equipamento para erguê-lo. As mulheres por sua vez amarram fitas azuis e brancas no tronco, pois após erguido, um show a parte começa em volta do novo Maibaum na praça: Tanz in den Mai, a dança de maio, onde as mulheres dançam vestidas com a roupa típica local fazendo um carrossel com as fitas amarradas na Árvore de Maio.

Fonte: Jornal Manchete do Povo

 

 

Os Sonatas se apresentam por duas noites no Maifestem Rolândia

Evento terá três dias de festa e começa no próximo sábado, dia 29 de abril
O Grupo Musical Sonatas será uma das atrações da Maifest de Rolândia, que acontece nos pavilhões da Oktoberfest. Os Sonatas, como são conhecidos, tocarão no primeiro e segundo dia de festa, que começa no dia 29 de abril e segue até o dia 1º de maio. É a própria banda que faz o convite para todos participarem da Maifest (baixe o aplicativo Zappar e passe sobre a foto ao lado para ver o vídeo).

A Maifest irá trazer a cultura alemã e a cervejaria artesanal para o município. A abertura está marcada para as 18h do sábado (29), com a apresentação dos Grupos Folclóricos Alemães Rotkappen e Weisser Schwan. A primeira noite será encerrada com um baile com a banda Os Sonatas, que também se apresentam no dia 30, quando, a partir das 10h, haverá um workshop com cervejeiros artesanais. 

O levantamento do Maibaum é uma tradição, e será realizado no dia 01 de maio na praça entre a Rodoviária e a Castelo Branco. Trata-se de um mastro de mais de 20m e mais de 1,5 toneladas, erguido em toda a Alemanha pedindo fertilidade e boas colheitas. Ele será adornado com  escudos que representam as tradições e riquezas de Rolândia, como os brasões das famílias que povoaram e contribuem com a cidade até hoje. 

Uma atração especial serão as comidas típicas de rua da Alemanha, como o pão com Linguiça Artesanal, sanduíche de Eisbein desfiado, Bretzel e hambúrgueres especiais. A festa também contará com muitos rótulos de chopes artesanais e uma feira de artesanato. 

Os ingressos já estão à venda e também poderão ser adquiridos no dia. Cada um dá direito a um copo de Chope de 300 ml Pilsen Artesanal ou a um refrigerante.

Fonte: Jornal de Rolândia

 

 

Maifest celebra a cultura germânica

Cervejaria artesanal e os Sonatas também são destaques no evento de três dias, que começa em 29 de abril e termina no dia 1º de maio

Nos dias 29 de abril a 01 de maio, os pavilhões da Oktoberfest de Rolândia vão receber a Maifest, evento que vai trazer a cultura alemã e a cervejaria artesanal para o município. A abertura está marcada para as 18h, com a apresentação dos Grupos Folclóricos Alemães Rotkappen, Weisser Schwan e outros. A primeira noite será encerrada com um baile com a banda Os Sonatas, que também se apresentam no dia 30, quando, a partir das 10h, haverá um workshop com cervejeiros artesanais. Já confirmaram presença oito marcas de Rolândia e região. 

O levantamento do Maibaum é uma tradição, e será realizado no dia 01 de maio na praça entre a Rodoviária e a Castelo Branco. Trata-se de um mastro de mais de 20m e mais de 1,5 toneladas, erguido em toda a Alemanha pedindo fertilidade e boas colheitas. Ele será adornado com  escudos que representam as tradições e riquezas de Rolândia, como os brasões das famílias que povoaram e contribuem com a cidade até hoje. O evento continua com o Torneio de Futebol e a festa do Trabalhador.

Uma atração especial serão as comidas típicas de rua da Alemanha, como o pão com Linguiça Artesanal, sanduíche de Eisbein desfiado, Bretzel e hambúrgueres especiais. A festa também contará com muitos rótulos de chopes artesanais e uma feira de artesanato. A organização espera mais de 4 mil pessoas e os ingressos já estão à venda em Rolândia (locais na foto) e também poderão ser adquiridos no dia. Cada um dá direito a um copo de Chopp de 300 ml Pilsen Artesanal ou a um refrigerante.

Fonte: Jornal de Rolândia

 

 

 

 

 

Começa neste sábado: Maifest de Rolândia tem atrações para a família

Expectativa da organização é que a festa cresça e se estabeleça em Rolândia, evento começa neste sábado 29 e termina na segunda (1º de maio)

Publicado: 29/04/17 • 09h49
Atualizado em: 02/05/17 • 16h29

A tradicional festa alemã Maifest será realizada pela primeira vez em Rolândia nos dias 29 de abril a 01 de maio nos pavilhões da Oktoberfest de Rolândia. Além de celebrar a cultura alemã, o evento também traz a cervejaria artesanal por meio de workshops. A abertura será às 19h no sábado, com um diferencial: ela será bilíngue. “O integrante Roland vai estar falando algumas palavras da abertura em alemão e vai ter a tradução da Katia Forster, presidente do Rotkappen e o Roland é o vice”, disse Ricardo Forster, tesoureiro do grupo folclórico Rotkappen de Rolândia. 

A abertura vai apresentar os envolvidos na organização da festa, os cervejeiros, os grupos folclóricos, os representantes dos restaurantes e integrantes da banda “Os Sonatas”. Depois da cerimônia, se apresentam os grupos folclóricos Rotkappen e Weisser Schwan, Eintracht (Chapecó-SC) e Teuto Brasileiro (Maringá). Em seguida, a banda catarinense “Os Sonatas” encerra a noite com um baile alemão a partir das 21h.

No domingo (30), a festa começa às 10h com a Conserva Londrina tirando dúvidas e fazendo a brassagem, que segundo João Varela, coordenador de eventos do Rotkappen “é o nome que se dá para o processo caseiro da cerveja artesanal”. Os cervejeiros Amadeus, Cassino, Mocó 49, Von Borstel, Geada Negra, Dr Margosa que são de Londrina, a marca Dantzig de Primeiro de Maio e a Rotkappen Bier de Rolândia são responsáveis pelos workshops, que terão duas rodadas de: a primeira a partir do meio dia e a segunda a partir das 19h. “Alguns desses workshops vão ter degustação também”, revelou João.  Às 18 horas começa a segunda receita de cerveja. “Os Sonatas” vão fazer três apresentações ao longo do domingo, finalizando a noite com mais um baile alemão. A festa também oferece o espaço Kinder para as crianças com monitores por 15 reais a hora. Também haverá a já conhecida competição do Chopp in Metro, patrocinado pela cervejaria Tchirs. 

O tradicional levantamento do Maibaum será realizado na segunda (01) às 8h na praça Castelo Branco. Trata-se de um mastro de mais de 20m e mais de 1,5 toneladas, erguido em toda a Alemanha pedindo fertilidade e boas colheitas. Ele será adornado com  escudos que representam as tradições e riquezas de Rolândia como os brasões das famílias que povoaram e contribuem com a cidade até hoje. Segundo Ricardo, para levantar o Maibaum eles vão precisar de vinte homens. O integrante do Rotkappen revelou que há uma tradição curiosa na Alemanha relativa ao “roubo” do Maibaum. Se algum grupo conseguir furtar o Maibaum de outro, como “resgate” o grupo roubado deve pagar a cerveja para todo o grupo que furtou. Ricardo acredita que o risco de acontecer esse furto em Rolândia seja pequeno, por enquanto, já que a expectativa é que a festa cresça e se estabeleça como uma tradição nos próximos anos. A intenção dos grupos alemães é que a Maifest entre no calendário turístico de Rolândia. 

Durante todos os dias de festa, as comidas típicas de rua da Alemanha serão uma atração especial. Entre elas estão pão com Linguiça Artesanal, sanduíche de Eisbein desfiado, Bretzel, peixes e hambúrgueres especiais. A festa também contará com muitos rótulos de chopes artesanais e uma feira de artesanato. A organização espera mais de 4 mil pessoas e os ingressos já estão à venda em Rolândia e também poderão ser adquiridos na hora no sábado e domingo pelo valor de 20 reais. Cada um dá direito a um copo de Chopp de 300 ml Pilsen Artesanal ou a um refrigerante. Na segunda a entrada é gratuita e sem direito a chope ou refrigerante. 

Ainda no dia 1º de maio, o Roraty Club Rolândia Caviúna realiza a 6ª etapa do projeto HEPATITE ZERO, em parceria com a Secretaria de Saúde. O clube de serviço irá oferecer testes gratuitos, entre as 09 e 16 horas, para que as pessoas saibam se tem a doença.

Fonte: Jornal de Rolândia

 

Com o melhor da cervejaria artesanal, 'Maifest' começa neste sábado em Rolândia

Diferente das tradicionais festas alemãs no Brasil, a Maifest, que acontece em Rolândia no fim do mês de abril, agitará a cidade com muitas atrações. Entre todas as coisas que chamam atenção para a festa, uma delas é a comidas típica de rua da Alemanha, como o pão com linguiça artesanal, o sanduíche de Eisbein desfiado, o famoso Bretzel, ideal para acompanhar um chope, além de hambúrgueres especiais. 

A festa contará com muitos rótulos de chopes artesanais da região. Cada cervejaria trará para o evento o melhor da sua produção de chopes e cervejas. O tradicional Pilsen será artesanal e puro malte. 

O evento também terá a presença dos principais artesões e artistas da região na já clássica feira de artesanato, que acompanha os principais eventos de Rolândia.
Com a abertura marcada para às 18 horas do dia 29 de abril nos pavilhões da Oktoberfest, a Maifest receberá a apresentação dos grupos folclóricos alemães locais, Rotkappen e Weisser Schwan, e diversos grupos do sul do país. A primeira noite da festa será encerrada com um baile ao som da banda 'Os Sonatas', grupo vindo direto de Santa Catarina. 


Já no dia 30 de abril às 10h, as atividades têm início com um workshop realizado pela Concerva de Londrina com cervejeiros artesanais. Algumas marcas londrinenses já foram confirmadas para participar da atividade, como Amadeus, Cassino, Mocó 49, Von Borstel, Geada Negra, Dr. Margosa, além da Dantzig de Primeiro de Maio e a Rotkappen Bier de Rolândia. 

A atração musical durante o domingo fica por conta da banda 'Os Sonatas', além de apresentações culturais, com muita comida típica e bebida. 

A motivação principal e desafio em manter a tradição é o levantamento do Maibaum. Trata-se de um mastro de mais de 20 metros de altura pesando mais de 1,5 toneladas, um símbolo que é erguido em toda a Alemanha para pedir fertilidade e boas colheitas. 

O Maibaum será adornado com escudos que representam as tradições e riquezas de Rolândia, entre outros brasões das famílias que povoaram Rolândia e que exercem papel fundamental no desenvolvimento da cidade até os dias de hoje. 

O levantamento ocorrerá na manhã do dia do trabalho (1 de maio), na praça localizada entre a rodoviária e a praça Castelo Branco. Em seguida segue o evento com o Torneio de Futebol do Trabalhador e a festa do Trabalhador. 

O público esperado para o evento é de mais de 4 mil pessoas e os ingressos já estão sendo vendidos antecipadamente em diversos pontos de Londrina, Rolândia, Arapongas, Maringá e Presidente Prudente e também poderão ser adquiridos no dia, cada ingresso adquirido terá direito a um copo de Chopp de 300 ml Pilsen Artesanal ou a um refrigerante. 

Confira os pontos de venda!
 

Fonte: Bonde

Um show de solidariedade, Lions Clube de Rolândia Destaque

 03 Abril 2017

14ª Almoço Alemão beneficente realizado pelo Lions Clube de Rolândia reúne centenas de pessoas no Rolândia Country Clube

No último domingo (02) os companheiros do Lions Clube de Rolândia realizaram a 14ª edição do Almoço Alemão. O presidente do Clube, Marcos Vinicius Pesenti, lembra que o principal objetivo do evento é angariar fundos para o banco ortopédico do Lions Rolândia. “Várias famílias são atendidas pelo nosso banco ortopédico todos os anos, e o Almoço Alemão é o nosso carro chefe para levantar recursos”, revela.

O grupo folclórico alemão Rotkappen dançou e encantou com várias apresentações neste domingo ensolarado que certamente harmonizou com o Chopp extremamente gelado.

Fonte: Manchete do Povo

 

 

Rolândia na ExpoLondrina 2017

Os rolandenses, com sua arte e produtos, estão em peso na ExpoLondrina 2017, que começou nesta quinta-feira (30) e segue até o domingo, dia 09 de abril. Além disso, o município também poderá ser visitado por pessoas que frequentam a Exposição na terça-feira (04) e na quinta (06) – a chamada Expô no Campo.

Sabores

A Feira Sabores A Força da Família está em sua 4ª edição e continua sendo comandada por rolandenses - Rodrigo Wegner (Casa da Cuca) é o coordenador e Anete Barison (Geleias Duga) é a secretária. São 63 expositores de todo o Paraná, entre eles os rolandenses Suco SóFrutos, Geleias Duga, Oma’s Kaffee Haus, Doce Poá, Casa da Cuca, Doces D’Paty, Doces Baobá, Mel Flor da Mata e a Delícias Marabu.

A Feira acontece no pavilhão Alípio Ferreira de Castro, na avenida principal da Expô, que passa pelos brinquedos e por algumas barracas de alimentação. Na Feira Sabores, há um espaço destinado para o Turismo do Paraná e a cidade de Rolândia também fará apresentações no local.

Produtos na Fazendinha

Na Fazendinha, há outro espaço destinado ao turismo do estado, organizado pelo Paraná Turismo em parceria com a Emater. “Rolândia estará presente lá todos os dias”, ressaltou Flávia Galbero, turismóloga do município.

A família Steidle, da Fazenda Bimini, estará com as latas que podem ser colocadas sob os pés para se andar – aquele brinquedo de criança antigo. Ainda no local, haverá degustações: no sábado (1º), a partir das 16 horas, tem bolachas alemãs do Oma’s e as geleias da Marabu. Já no domingo (9), será a vez dos embutidos da Central Carnes de São Martinho, a partir das 17 horas.

Ainda na Fazendinha, há o espaço Armazém do Campo, organizado pela Emater. Nesse Armazém, as produtoras rurais Takako Otaki, Neuza Iwase, e Marisa e Jaqueline Saldeira extarão com seus produtos à venda.

Arte na Fazendinha

A Fazendinha também será palco de oficinas de artes com rolandenses e a boa arte se inicia com bananeiras neste sábado (1º). O artesão Santim Pez começa a ensinar seu artesanato com fibras da bananeira a partir das 13 horas. Neste mesmo dia, haverá apresentação dos grupos Rotkappen e Weisser Schwan a partir das 15 horas.

Na terça-feira (04), a artesã Rosalva Igarashi será a anfitriã na Oficina em palha de milho. O curso começa às 13 horas e deve seguir até as 15h30. Na sexta-feira (07), é a vez do artista plástico Edson Massuci iniciar a sua oficina de arte em papel, a partir das 15h30. As inscrições para essas oficinas são gratuitas e podem ser feitas no site da ExpoLondrina 2017.

Expô no Campo

Neste ano, os visitantes da Exposição de Londrina poderão conhecer propriedades rurais das cidades vizinhas e Rolândia será o destino de dois dias do projeto, a partir das semana que vem.

Na terça-feira (4), as visitas às propriedades rurais começarão pela fábrica de sucos SóFrutos e terminam em uma fazenda de confinamento de gado de leite. Já na quinta-feira (06), a fazenda de peixes e alevinos Aquabel poderá ser visitada pelos participantes da ExpoLondrina. Quem desejar participar dessas visitas deve se inscrever no site da ExpoLondrina. A visita custa 20 reais por pessoa e os grupos deixam a Feira às 09 horas da manhã.

 

Fonte: Portal Rolândia

 

 

 

GRUPO ROTKAPPEN DE ROLÂNDIA - FOLCLORE ALEMÃO

O grupo folclórico alemão Rotkappen, estará presente no curso de dança em Gramado no ano de 2017, com integrantes da categoria adulto para aprender novas danças folclóricas se aperfeiçoarem e depois passarem aos demais integrantes.

 


Comentários e sugestões: clique aqui